Início > Esportes, Notícias > Bruno atrapalhou as investigações

Bruno atrapalhou as investigações

O chefe do Departamento de Investigações da Polícia Civil em Minas-Gerais, delegado Edson Moreira revelou que o pedido de prisão temporária do goleiro Bruno, da sua mulher Dayane de Souza e Luiz Henrique Ferreira Lobão, o Macarrão, foi pedido por que os acusados do desaparecimento da estudante Eliza Samudio estariam atrapalhando as investigações da polícia.

“Em contato com a juíza Marixa Fabiana Lopes do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e o Promotor, doutor Gustavo, tendo em vista que o primeiro suspeito (Bruno) vinha querendo plantar provas e o menor assumindo a autoria do crime, contando uma dinâmica não compatível com as investigações, resolvemos decretar a prisão temporária do Bruno, Dayane e Luiz Henrique Ferreira”, explicou Edson Moreira.

Segundo Edson Moreira, os três principais suspeitos do sequestro e assassinato da estudante, estariam dificultando as investigações da Polícia Civil de Minas Gerais, inventando provas, por isso o pedido de prisão temporária foi decretado na noite da última terça-feira.

“Chegou a um ponto que estava sendo atrapalhada a investigação da instituição criminal e para que mais provas não sumissem e fossem apagadas, decretamos a prisão preventiva destes três suspeitos”, disse Edson Moreira.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: