Início > Notícias > Outra ação contra Bruno

Outra ação contra Bruno

Rio – Suspeito de homicídio, o goleiro Bruno corre o risco de ficar mais pobre. Duas das oito mulheres que, há dois anos, foram contratadas para participar de festa com ele e outros três jogadores do Flamengo pedem, na Justiça mineira, uma indenização de R$ 1,8 milhão por danos morais.

Além de Bruno, são réus no processo os atacantes Diego Tardelli (hoje no Atlético Mineiro) e Marcinho (que joga no Catar). A ação é movida por Luana Gonçalves e Andréia Aparecida da Silva. A festa foi no sítio de Bruno em Ribeirão das Neves (MG).

Agressão na festa

A comemoração terminou na delegacia: as duas mulheres disseram ter sido agredidas por Marcinho depois que uma delas se negou a manter relações sexuais sem camisinha. Marcinho também é réu em processo criminal movido por Andréia e Luana.

Intimação

O processo com o pedido de indenização está na 22ª Vara Cível de Belo Horizonte. A ação começou em novembro de 2008. Anteontem, a Justiça determinou a intimação das autoras.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: