Início > Notícias > Caso Bruno: Goleiro lamenta perda de contrato com o Milan

Caso Bruno: Goleiro lamenta perda de contrato com o Milan

Rio – “Me f. Tinha um pré-contrato assinado com o Milan e perdi tudo. O patrocinador cancelou, o Flamengo suspendeu o contrato”. Ao desabafar a policiais que o vigiavam no Departamento de Investigações, o goleiro lamentou principalmente a perda dos R$ 500 mil mensais que esperava receber do clube italiano.

Foto: André Mourão / Agência O Dia

Mesmo preso, Bruno fez questão de manter a pose. Nas saída da caçamba do carro da polícia, com as mãos para trás e vestindo macacão vermelho do presídio, ele ficou com a cabeça erguida, olhar fixo e concentrado de quem é acostumado a ser o centro das atenções nos estádios. Mas, em volta dele, em vez de torcedores, havia escolta com dezena de policiais.

Aos agentes, Bruno contou histórias sobre farras e bebedeiras ao lado de jogadores do clube. O episódio em que Adriano e sua ex-noiva Joanna Machado brigaram no Morro da Chatuba veio à tona. Bruno disse que partiu para cima da modelo para evitar que ela quebrasse seu carro. Depois da confusão, para espairecer, foi andar a cavalo na favela.

Sobre o assassinato de Eliza, o goleiro disse que é inocente e que achava difícil que Macarrão tivesse participado. “Acho que a ficha ainda não caiu. Por isso ele continua marrento”, opinou um policial. Bruno manteve a pose mesmo ao tirar a foto quando foi fichado no sistema penal mineiro, ao lado de Macarrão, Dayanne e Neném.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: