Arquivo

Archive for the ‘Eleições’ Category

DONO DA JBS GRAVOU TEMER EM OPERAÇÃO PARA COMPRA DO SILÊNCIO DE CUNHA

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

O Globo revela que Joesley Batista e seu irmão Wesley gravaram Michel Temer indicando seu ex-assessor Rodrigo Rocha Loures para atuar numa operação de compra de silêncio de Eduardo Cunha.

Segundo a reportagem, Rocha Loures foi filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil enviados por Joesley. Temer também ouviu do empresário que estava dando a Cunha e a Funaro uma mesada na prisão para ficarem calados.

Diante da informação, Temer incentivou: “Tem que manter isso, viu?”.

Joesley revelou também que pagou R$ 5 milhões para Eduardo Cunha após sua prisão, valor referente a um saldo de propina que o peemedebista tinha com ele. Segundo O Globo, disse ainda que devia R$ 20 milhões pela tramitação de lei sobre a desoneração tributária do setor de frango.

Anúncios

Assistir A FAZENDA ao vivo e gratis na internet

Assistir GLOBO ao vivo e gratis na internet

Patrimônio dos candidatos à Presidência

Dilma Rousseff (PT): R$ 1.066.347,47
Michel Temer (vice): R$ 6.052.779,19

Ivan Pinheiro (PCB): R$ 350 mil.
Edmilson Costa (vice):  R$ 200 mil

José Maria Eymael (PSDC): R$ 3,1 milhões
José Paulo (vice): R$ 119 mil

José Serra (PSDB): R$ 1,42 milhão
Indio da Costa (vice): R$ 1,44 milhão

Levy Fidélix (PRTB):  R$ 150 mil
Luiz Eduardo Ayres Duarte (vice): R$ 220 mil

Marina Silva (PV): R$ 149,2 mil
Guilherme Leal (vice): R$ 1,19 bilhão

Rui Pimenta (PCO): R$ 80 mil.
Edson Dorta Silva (vice): ainda não teve a declaração de bens divulgada

Zé Maria (PSTU): R$ 16 mil
Cláudia Durans (vice): informou não possuir bens.

Plínio Sampaio (PSOL): R$ 2,1 milhões
Hamilton Assis (vice): ainda não divulgado.

Ei, ei, Eymael, um democrata cristão

Eymael planeja gastar até R$ 25 milhões em candidatura ao Planalto

O candidato à Presidência da República pelo Partido Social Democrata Cristão (PSDC), José Maria Eymael, apresentou nesta segunda-feira (5) o pedido de registro de candidatura ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ele protocolou o documento minutos antes de encerrar o prazo, estipulado para 19h pela Justiça Eleitoral. A declaração de bens do candidato ainda será divulgada pelo TSE.

Eymael é o sétimo candidato a formalizar sua candidatura no TSE. Ele declarou que irá gastar até R$ 25 milhões em sua campanha, que terá como eixo central o documento “Carta 27 Brasil”, com as principais propostas da sigla para os próximos quatro anos.

O candidato do PSDC entregou os documentos pessoalmente ao TSE, em Brasília. Ele defende a realização da reforma tributária argumentando que o atual sistema “inibe o crescimento do país e esmaga a classe média”. Ele defende “educação abrangente”, segurança “efetiva” e uma política forte de desenvolvimento. “Além disso, defendo igualdade de oportunidades para todos os brasileiros”, afirmou o candidato, que está na sua terceira candidatura ao Palácio do Planalto.

Danilo Gentili do CQC é agredido por militantes em ato de Dilma

O repórter Danilo Gentili, do programa humorístico CQC, foi agredido durante evento com participação da candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, na noite desta segunda-feira (5), em Santo André, no ABC.

CQC

Gentilli fazia uma gravação no meio da plateia quando houve um princípio de empurra-empurra. O tumulto chamou a atenção de Dilma, que interferiu para que não houvesse a agressão, pedindo que o público respeitasse os participantes do programa da TV Bandeirantes. A ex-ministra chegou a pedir aplausos para os humoristas. “Viva o CQC”, afirmou.

O comediante postou em seu Twitter: “Se você vai salvar o Brasil ainda é cedo para saber, mas minha vida você salvou hoje de alguns militantes do PT. Obrigado”. O Twitter oficial da candidata, por sua vez, divulgou a seguinte mensagem: “O CQC estava lá no meio da militância do PT.Puxei uma salva de palmas p/eles.Democracia é isso”.

Integrante do CQC é agredido durante ato pró-Dilma

O repórter Danilo Gentili, do programa humorístico CQC, foi agredido durante evento com participação da candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, na noite desta segunda-feira (5), em Santo André, no ABC.

Danilo

Gentilli fazia uma gravação no meio da plateia quando houve um princípio de empurra-empurra. O tumulto chamou a atenção de Dilma, que interferiu para que não houvesse a agressão, pedindo que o público respeitasse os participantes do programa da TV Bandeirantes. A ex-ministra chegou a pedir aplausos para os humoristas. “Viva o CQC”, afirmou.

O comediante postou em seu Twitter: “Se você vai salvar o Brasil ainda é cedo para saber, mas minha vida você salvou hoje de alguns militantes do PT. Obrigado”. O Twitter oficial da candidata, por sua vez, divulgou a seguinte mensagem: “O CQC estava lá no meio da militância do PT.Puxei uma salva de palmas p/eles. Democracia é isso”.